O Pico do Gavião é famoso entre os pilotos de todo Brasil e do mundo por sua excelente condição de vôo. Com todos os quadrantes decoláveis e impecavelmente gramados, é o lugar perfeito para todos os níveis de pilotos.

Somando se a isso, uma boa malha viária para o resgate, nenhuma área restrita ao vôo, pousos abundantes, teto alto e térmicas grandes e fortes principalmente entre agosto e novembro, o Pico do Gavião está se consolidando no calendário mundial de parapente.

Maiores distâncias voadas:

Asa-Delta:
Leonardo Dabbur - 211 km
Nenê Rotor - 204 km

Parapente:
Claude Lemaire - 160 km
Albertinho Pardal e Washington Peruchi - 150 km